• Blog
  • TED: como conciliar os estudos com a rotina de trabalho?

TED: como conciliar os estudos com a rotina de trabalho?

Blog

TED: como conciliar os estudos com a rotina de trabalho?

TED: como conciliar os estudos com a rotina de trabalho?

Conciliar a rotina de trabalho com a rotina de estudos é considerado, por grande parte dos postulantes ao TED, um dos maiores desafios na busca pelo Título de Especialista em Dermatologia. Tendo em vista que boa parte dos estudantes já atuam em alguma área médica, é, de fato, desafiador manter todas as matérias em dia, além de lidar com as demais obrigações do cotidiano. 

Pensando nisso, no post de hoje, nós, do Blog da Cucé, reunimos algumas dicas que podem te ajudar na hora de organizar suas tarefas sem se estressar e se sentir sobrecarregado. Confira! 

Veja também – A importância de se preparar com antecedência para o TED 

Relação entre trabalho e estudo

Nós sabemos que, de fato, não é fácil conciliar ambas rotinas, entretanto, não se trata de uma missão impossível. Para conseguir, é preciso ter como prioridade seu bem-estar, sua saúde física e mental. É necessário entender que de nada adianta se esforçar tanto e não ter uma rotina de atividades físicas, ter uma boa alimentação, para que o seu psicológico não fique abalado e atrapalhe seu rendimento, tanto no trabalho, quanto nos estudos. É preciso entender, também, que cada um tem seu tempo, então nada de comparar com outras pessoas!

4 dicas para conciliar trabalho e estudos 

Dica 1: crie uma rotina

Organize seus afazeres da semana, anote no computador ou se preferir, em uma agenda/planner. Dessa forma, você começará a semana ciente de todas as tarefas que você precisa fazer e isso ajudará na hora de se organizar. Claro que podem ocorrer imprevistos, porém, fica mais fácil se você tiver uma rotina definida.

Hoje existem diversos aplicativos criados justamente para auxiliar as pessoas a organizarem seu tempo e manter uma rotina. Entre eles, estão: 

  • Trello: o Trello é um organizador de tarefas. Nele é possível, também, controlar e visualizar os fluxos de produção, ou seja, quanto tempo você utilizou para realizar cada atividade.

 

  • Pocket: esse aplicativo permite que você salve conteúdos em um só lugar, dessa forma, é possível guardar textos para ler em outro momento. Ele organiza os conteúdos em uma lista e você tem a opção de arquivar aqueles que já não são mais necessários. 

Dica 2: esteja atento às suas necessidades básicas

Já dizia aquele ditado antigo: saco vazio não para em pé. Ou seja, de nada adianta longas jornadas de estudo se você não estiver bem consigo mesmo. É essencial que você tire um tempo para si, para o lazer e descanso. Além disso, nada de dormir menos para colocar as matérias em dia. Cansado, seu rendimento será bem menor do que se você estivesse descansado.

De acordo com um estudo da Pfizer, dormir bem pode ajudar a, entre outras coisas, ficar doente com menor frequência, reduzir o estresse e se concentrar melhor. Além disso, afirma que pessoas que dormem bem têm mais chances de viver uma vida saudável e produtiva. Ainda, o estudo mostra que a privação de sono está relacionada a problemas de saúde mental, como a depressão. Por isso, é essencial se cuidar, dormir e se alimentar bem. 

Dica 3: defina suas prioridades

Para complementar sua rotina, é indispensável que você estabeleça qual tarefa é mais importante naquele determinado dia, para que, caso ocorra um  imprevisto, você possa realizar a menos prioritária em algum outro momento oportuno.

O primeiro passo, é listar suas tarefas, de acordo com seu nível de prioridades.Uma dica para te ajudar com isso, é utilizar algum app, que possa te auxiliar a criar e seguir a ordem dessa lista. Um aplicativo muito utilizado para isso é a Asana. 

Dica 4: otimize seus estudos

Para que a sua produtividade nos estudos seja alta, você precisa estar o mais concentrado e focado possível. Definir um lugar para estudar, de preferência, sem distrações, aparelhos eletrônicos e que você consiga ficar sozinho é ideal para otimizar seus estudos.

De acordo com um estudo divulgado pelo G1, a alimentação está diretamente ligada ao bom funcionamento do cérebro. Dessa forma, ter uma dieta rica em fibras e nutrientes contribui para que você tenha mais concentração. Entre os alimentos indicados para o melhor desempenho cerebral, estão: hortaliças, peixes, castanha do Pará, entre outros. 

Conheça o Blog da Cucé

Fique por dentro de nosso blog, porque por aqui sempre encontrará materiais e dicas para te ajudar a alcançar a sonhada aprovação no TED. Confira outros conteúdos que possam ser de seu interesse:

Por que resolver simulados e questões na reta final para o TED? 

TED: qual a importância do sono para fazer a prova? 

 

Fonte: Faculdade Unyleya.

Tags:,